Sexta-feira, 18 de Fevereiro de 2005

BOA NA CAMA

 

 

Identificação: Gaja

Profissão: Boa na Cama

textoboacama HTW pub.JPG

Formulário

Uma mulher boa na cama, depende de mim para o ser.

De facto, eu apenas concedo esta nomeação, a quem me der tesão. Se não me sentir inspirado, mesmo estando bem acompanhado... de nada serve a uma tipa, manter-me entesado. Mas por outro lado, se essa mulher me interessar, dou-lhe mesmo tudo... o que tenho para dar.

E não é pouco, quando dou o meu melhor... até à última réstia de prazer, até ao meu último suor. Quando eu sou bom na cama, ela também o é. Quando eu me venho, ela já se veio. Quando ela diz que adorou, já eu sabia que ela gostou.

Porque tudo depende de mim, e de como as vou foder... não são nada na cama, se não me derem prazer.

Candidatas

Não é preciso ser uma boazona ou cheirar bem da cona! Nem importa se é banal ou se alinha numa anal. Ou sequer se chupa bem e grita quando se vem. Que importa que sejam feias ou cheias de ideias? E que tenham belos grelos porque raparam os pêlos? Também não é preciso serem atletas, para manter as pernas abertas.

Eu só quero saber o que sentem, quando me estão a sentir. Porque me importa o que querem, e que se venham antes de me vir.

Habilitações

Na cama, uma mulher inteligente é sempre diferente.

Que me desculpem as estúpidas, as incultas e as analfabetas… mas para poderem foder comigo, têm que no mínimo ser espertas. Prefiro as que sabem conversar, que falam de coisas interessantes. Não é preciso serem ilustres ou mulheres importantes. Porque na cama não é preciso curso ou sequer doutoramento... é preciso é ter tesão e prolongá-la por muito tempo.

Não vale a pena pensar, que tipo de mulher deve ser... pois tudo isso depende, se essa mulher me dá prazer.

Desempenho

Não gosto duma mulher fingida e que não queira ser lambida. Mesmo estando com o período, a minha língua enfrenta tudo. Não suporto o sabor a cebola, quando lhes como os entre-folhos… porque além do cheiro intenso, faz-me impressão aos olhos.

Para quê fazer de conta, e realizar uma fantasia? Não vale a pena passar-me por outro, se era eu que ela queria.

Dispenso o tipo de mulher, que se vem quando quer… não há nada como uma boa sincronização, durante a ejaculação. Ela tem que conseguir excitar-me, e pôr-me a cabeça a andar-à-roda... tem que se empenhar a fundo, para me dar uma boa foda.

Porque de quecas já estou farto e já dei as que queria dar. Agora quero uma mulher, que me possa desafiar.

Expediente

Neste ponto não sou muito exigente, pois não gosto de muita atenção. Cada um tem a sua vida, apesar da foda que nos une.

Não quero dizer onde vou, quando não me interessa dizer onde estou. Também sou assim para uma mulher, pois não insisto quando ela não quer. Pode não dizer-me onde estava, esteja ela com quem estiver... porque uma mulher não deve ser interrogada, quando chega tarde sem dizer.

Também não gosto de uma mulher desconfiada, que duvida de mim... por tudo e por nada. Que não controla o seu ciúme, só porque cheiro a outro perfume.

Desempenho

Quando uma foda não me chega, ela deve permanecer acordada. Nunca gostei de mulheres que adormecem depois de uma trancada. Gosto que estejam despertas, e que me acompanhem pela noite fora...das que dispensam o sono, e querem foder a toda-a-hora.

Uma coisa que me aborrece, são as conas mal equipadas.

Das que têm poucas entradas de ar, e não se ouve o chapinhar. Também dispenso: as que são muito apertadas e deixam os colhões à porta. Prefiro ratas escancaradas e com a vulva toda torta.

Nada de grelos despenteados, com os pintelhos desgadelhados! Porque não um penteado à moicano, feito num cabeleireiro? Dizem que agora está na moda, e que dura um ano inteiro.

Disciplina

Por vezes tenho que ensinar: as regras de bom comportamento. É que anda por aí muita gaja a foder, fora do casamento.

Ora isso não se faz, e deve-se evitar fazer. Muito menos tirar a aliança, quando o amante as quer comer. Se queriam estabilidade, e optaram pelo matrimónio… então não fodam o José, estando casadas com o António.

Já dei por mim envolvido nestas embrulhadas, quando andei metido com algumas tipas casadas.

Daquelas que enganam o marido e fazem do casamento uma festa… mas nunca convidam o pobre coitado, e ainda lhe enfeitam a testa. Apenas procuro mulheres, que não estejam comprometidas. Não me interessa com quem andaram, ou por quem foram fodidas.

Vencimento

Nunca paguei para foder, muito menos para ser fodido.

Não recorro à prostituição mas respeito a profissão… pois há mulheres que o fazem para sobreviver, quando não têm o que comer. Mas há também mulheres, que só para terem uma roupa elegante: fazem da cona um restaurante. Também há mulheres poupadas e que juntam o dinheiro… cumprem horas extraordinárias e fazem da cona: um mealheiro.

Considero-me um-mãos-largas, quando presenteio uma mulher.

Só compro prendas caras, a quem me souber agradar… quem não me der tesão, que arranje outro para a sustentar. Nestas merdas, sou assim! Sou mesmo um grande sacana… não compro nada a uma mulher, sem saber como é na cama.

Vagas 

Gostos de mulheres pontuais, que não faltam ao trabalho… e que querem subir na carreira, agarradas ao caralho. Das que dizem sempre que sim, quando querem dizer que não… que fazem horas extraordinárias enrabadas pelo patrão.

Muitas vagas foram preenchidas, muitas gajas foram fodidas.

Porém nunca estou satisfeito, e nem por isso encho o peito. Não tenho a mania que sou garanhão, pois nem sempre sou bom na cama… no entanto tenho a certeza, que não me livro dessa fama.

Mas duvido que hajam candidatas, que estejam à altura do emprego. No entanto se aparecerem, têm que me mostrar o rêgo. Porque é isso que importa, é tudo isso que preciso ver… pois eu quero uma mulher, que na cama saiba foder.

Um abraço...

SHAKERMAKER

honky tonk women por shakermaker às 00:00
ISOLAR TEXTO | RECOLHER TEXTO
|

»HTW é um tributo a todas as mulheres

»Mulheres que desejam insultar o shakermaker