Quinta-feira, 13 de Julho de 2006

NÓS-FORA-NADA

 

Podes até ser uma incógnita, mas o teu quociente de beleza e o teu coeficiente de inteligência deixam-me à beira de uma paixão multiplicada pela máxima potência. Tens um brilho nos olhos inumerável e um sorriso nos lábios incontável. Adoro o teu queixo rombóide com a tua boca trapezóide e não vejo a hora de me perder nos teus seios esferóides. Que saudades eu tenho do teu corpo ortogonal e dessa tua figura ímpar. Dessa tua perfeição, desde o ápice até a base, em que todo e qualquer ângulo resulta em harmonia. Desde que te conheci, que conto os dias pelos dedos para te ver novamente. Quero que sejas a soma dos meus catetos, a minha hipotenusa.

 

Podes até ser uma perpendicular, mas estou disposto a dobrar todos os ângulos rectos só para poder circular em torno de ti. Quero ser o teu compasso e circundar o teu círculo concêntrico, quero ser a tua temática semântica e potenciar a tua matemática tântrica. Quando te aproximas, a fracção mais ordinária do meu pensamento corre à velocidade da luz, e não vejo a hora de te percorrer as curvas para alcançar o teu diferencial. O teu ventre tem a proporção dum losango, o teu sexo a simetria dum triângulo, mas o meu paralelepípedo anseia por extrair a tua raiz.

Quero que sejas a soma dos meus ângulos adjacentes, a semi-recta do meu vértice, a minha bissectriz.

Podes até ser uma euclidiana, mas a tua fórmula relativa precisa do meu exegeta para delimitar a teoria do teu universo finito. Eu posso até nem saber de cor a tabuada, mas acredita que posso ser tão sólido como o melhor dos poliedros e quão obtuso como o maior de todos dos ângulos. Quero descrever a tua geometria e quantificar todos os teus graus, quero ser o elemento da tua tabela periódica e o único registo do teu diagrama. Se estiveres disposta a deitar o teu corpo paralelo ao meu, podemos fazer do amor o nosso denominador comum. Quero que sejas o cálculo da minha aritmética, a unidade superlativa que controla o meu processamento, a minha grandeza absoluta.

 

 

Um abraço...

SHAKERMAKER

Dedico-te...  Até  porque,  esta  semana,  temos  muitas  contas  a  ajustar.

 

honky tonk women por shakermaker às 00:00
ISOLAR TEXTO | RECOLHER TEXTO
|

»HTW é um tributo a todas as mulheres

»Mulheres que desejam insultar o shakermaker