Segunda-feira, 31 de Julho de 2006

SETE RECADOS SEXUAIS vol 2

Eu quero entrar nessa tua cabeça,

e passar por lá umas boas horas...

Quem sabe se não entendo o que tens para me dizer, ou talvez consiga ver o que me queres mostrar. Quero saber como funciona a tua mente e como tomam forma os teus pensamentos. Ou porque razão franzes as sobrancelhas quando não estou de acordo contigo. Gostava de saber onde estão guardados os teus segredos e tudo o que não me contas. Ou onde alojas as tuas soluções sempre que eu sou o teu problema.

Por falta de paciência, eu perco o essencial de ti.

 

Eu quero sentar-me no teu ombro,

e passar uma tarde inteira contigo…

Pode ser que perceba para onde queres que eu te leve, ou onde fica esse lugar de que tanto falas. Quero sentir o oxigénio que inspiras no ar para expirar da mesma forma que tu. Ou deslumbrar-me com as cores que tu vês, as mesmas que eu não vejo. Gostava que me mostrasses as sombras no escuro e como manténs a esperança quando eu deixo de acreditar. Ou qual o truque desse teu sorriso mesmo quando a vida não te sorri.

Por falta de paixão, eu não sinto o mesmo que tu sentes.

Eu quero penetrar no teu corpo,

e passar uma noite do teu lado…

Talvez dessa forma consiga ouvir as batidas do teu coração, ou sentir o mesmo aperto que tu sentes. Quero provar o gosto da tua boca e ficar ofegante como tu ficas quando te beijo. Ou porque são tão importantes os gestos quando escasseiam as palavras. Gostava que me explicasses o significado dos sentimentos e como demonstrá-los naturalmente. Ou qual a diferença entre dar e receber, se tudo não passa de um momento.

Por falta de amor, eu adio a tua felicidade.

 

Eu quero partir quando quiser,

e passar contigo um bom bocado…

Quem sabe se não consegues que eu mude de ideias de repente, ou porventura volte mais tarde. Quero que me mostres como agonizam as saudades e como dói sentir falta de alguém. Ou porque vale a pena lutar pelo que sentimos, mesmo quando não é recíproco. Gostava de saber o que é fazer amor e como o distingues duma mera foda. Ou porque precisas tanto dum abraço apertado, mesmo quando estás nua nos meus braços.

Por falta de sexo, eu engano-te com outras mulheres.

Um abraço...

SHAKERMAKER

 

Tempo desejado: quinze minutos, tempo demorado: dezanove minutos...

Raios me partam, o tempo almejado ficou aquém do tempo alcançado.

 

honky tonk women por shakermaker às 00:00
ISOLAR TEXTO | RECOLHER TEXTO
|

»HTW é um tributo a todas as mulheres

»Mulheres que desejam insultar o shakermaker